Visibilidade dos planetas - Janeiro de 2019

Gráfico para o mês anterior Perguntas e Dúvidas? Gráfico para o próximo mês

As áreas brancas representam o dia, as faixas amarelas o crepúsculo astronômico e a azul a noite. Nas margens superior e inferior aparecem as horas, e nas laterais os dias do mês. Os símbolos vermelhos representam o nascimento e os azuis o ocaso dos planetas. Siga a ordenada do dia desejado até encontrar a curva do planeta e leia na grade das horas o momento da ocorrência do fenômeno. As posições foram calculadas para as coordenadas do observatório e podem variar devido à altura do horizonte local e da longitude do observador.

Por motivos óbvios não foi usado o Horário Político Brasileiro de Verão.


Mercúrio difícil de observar em meio ao clarão da aurora.


Vênus muito brilhante faz uma bela conjunção com Júpiter no amanhecer do dia 22.


Marte já bem distante se põe no meio da noite.


Saturno passa pela conjunção no dia 2.


Urano próximo a omicron Piscium se põe no meio da noite.


Netuno a meio caminho entre lambda e phi Aquarii em conjunção com a Lua dia 11.


Eclípse total da Lua na madrugada do dia 21 (max. 5:12 UTC). A Lua estará no perigeu (super Lua) com um diâmetro 14% maior e 30% mais brilho que a média.


Para informações mais detalhadas consulte o Almanaque Astronômico Brasileiro do CEAMIG de 2019

Observatório Phoenix