Visibilidade dos planetas - Setembro de 2018

Gráfico para o mês anterior Perguntas e Dúvidas? Gráfico para o próximo mês

As áreas brancas representam o dia, as faixas amarelas o crepúsculo astronômico e a azul a noite. Nas margens superior e inferior aparecem as horas, e nas laterais os dias do mês. Os símbolos vermelhos representam o nascimento e os azuis o ocaso dos planetas. Siga a ordenada do dia desejado até encontrar a curva do planeta e leia na grade das horas o momento da ocorrência do fenômeno. As posições foram calculadas para as coordenadas do observatório e podem variar devido à altura do horizonte local e da longitude do observador.


Mercúrio no clarão da alvorada é difícil de localizar.


Vênus começa a descida para a conjunção inferior tomando a forma de menisco e seu diâmetro chega a 45,8" no final do mês.


Marte se afasta rapidamente. Seu diâmetro aparente cai de 20,8" para 15,7"(segundos de arco).


Júpiter se despede no final da noite.


Saturno passa a ser o destaque no horário nobre.


Urano em conjunção com a Lua dia 27.


Netuno a meio caminho entre lambda e phi Aquarii.


Para informações mais detalhadas consulte o Almanaque Astronômico Brasileiro do CEAMIG de 2018

Observatório Phoenix